Quero fazer Cursilho
Escola Vivencial
Deixe seu recado
Aumentar fonte  Diminuir fonte  Indicar esta página  Imprimir esta página
Aula 06/03/17 - Abraão

ESCOLA VIVENCIAL DO GED DE PIRACICABA – 2017 

ABRAÃO

06/Março/2017

 

Quem foi Abraão -: a história de Abraão é uma das mais importantes descritas na Bíblia, e é fundamental para o entendimento da origem do povo hebreu. Abraão está também, de maneira indireta, ligado à história da Igreja Católica, conforme se verá,

            O pai de Abraão chamava-se Taré, e sua família era natural de uma cidade da Mesopotâmia (atual Iraque), chamada Ur, entre os rios Tigre e Eufrates. A região, na época, era conhecida como Caldéia. Sabe-se que após a morte de um irmão de Abraão, cujo nome era Arão, a família saiu de Ur  em direção à terra de Canaã (não confundir com Caná, cidade da Galiléia). Canaã era como se chamava parte do território da Palestina, naquele tempo. Antes de entrar em Canaã, chegaram a uma cidade chamada Harã e ali resolveram ficar um tempo. Mas tanto Ur, de onde saíram, quanto Harã, eram cidades pagãs e centros de adoração do deus da lua. Em Harã morreu Taré, aos 205 anos de idade, diz a Bíblia.

 

 

O porquê da mudança para Canaã -: no livro do Gênesis (Gn 12, 1 – 2), Deus chamou Abraão para que ele saísse daquele lugar pagão e partisse para uma terra por Ele prometida. Disse também que ele seria pai de um grande povo. Com 75 anos, partiu Abraão para Canaã, levando consigo sua esposa Sarai. O casal não tinha filhos, pois Sarai era estéril. Com Abraão seguiu também seu sobrinho Lot, filho de Arão, e sua família, todos os seus servos e bens. Saindo de Harã, chegaram a Canaã e se estabeleceram na região de Betel e Hebrom, porém, sobreveio uma grande fome na região. Abraão resolveu então descer para o Egito.

            Sarai era mulher de uma beleza rara. Abraão, temendo que os egípcios o matassem para ficar com Sarai, dizia a todos que ela era sua irmã (de fato, Sarai era irmã de Abraão por parte de pai). O faraó tomou Sarai como esposa, porém Deus o feriu com tantas desgraças, que ele devolveu Sarai a Abraão, mandando-o sair do Egito. Abraão retornou para Canaã, nas proximidades de Betel. Ali Abraão e Lot se separaram indo Lot habitar a planície do rio Jordão, e Abraão foi morar na planície de Hebrom, ao sul. 

Deus e as mudanças de nomes -: inicialmente, Abraão se chamava Abrão, mas Deus mudou seu nome para Abraão, que significa “pai exaltado”. Tinha Abraão 99 anos quando isso sucedeu. Sarai também teve seu nome mudado para Sara, porque seria mãe de uma grande nação.

            Mas antes que isso sucedesse, Sarai, vendo que Abraão sofria por não ter filhos, entregou-lhe sua serva Agar, para que dela Abraão gerasse descendência. Agar engravidou e começou a desprezar Sarai, por ela ser estéril. Indignada, Sarai passou a maltratar Agar de tal modo, que a escrava fugiu, mas Deus apareceu a ela e prometeu-lhe que ela também seria mãe de uma grande nação, mas teria que voltar para a casa de Abraão. Agar obedeceu, e deu à luz seu filho Ismael (ele seria o pai da raça dos ismailitas, os árabes de hoje. Quando Isaac nasceu, Deus fez a vontade de Sara e ordenou a Abraão que expulsasse Agar e Ismael, mas que não se preocupasse, pois não deixaria que nada sucedesse de mal a eles. Abraão assim fez). Mesmo após o nascimento de Ismael, Deus reafirma sua promessa a Abraão e a selou com a circuncisão (sinal da aliança de Deus com Abraão e o futuro povo judeu). Tinha Abraão 90 anos quando foi circuncidado.

 

 

Lot e sua prisão -: Lot, sua família e seus bens, foram tomados após uma guerra em Sodoma, região em que ele morava. Abraão, sabendo do fato, juntou 318 homens e derrotou os captores, livrando Lot das mãos deles. Tendo derrotado os captores, que eram soldados de um rei chamado Codorlaomor, Abraão foi abençoado por Melquisedeque, rei de Salém e sacerdote da região, levando a Abraão pão e vinho. Essa tradição tomou seu verdadeiro significado milhares de anos depois, na Santa Ceia de Jesus Cristo.

 

 

Sodoma e Gomorra -: estas duas cidades tinham cometido imensos pecados aos olhos de Deus, e o Senhor resolveu destruí-las. Lot morava em Sodoma com sua família. Avisado por dois mensageiros de Deus de que deveria fugir com a família sem olhar para trás, Lot assim fez, apressadamente. No meio do caminho, Deus lançou fogo contra as cidades, e a mulher de Lot olhou para trás, sendo convertida imediatamente em uma estátua de sal. Lot e suas duas filhas foram habitar em Segor, longe da região.

 

 

Isaac, o “filho da risada” e o sacrifício -: Isaac foi o filho da promessa de Deus e nasceu de Sara, quando Abraão já tinha cem anos. O nome Isaac significa “rir” ou “riso”, por causa da reação de Sara quando soube que seria mãe aos 90 anos.

            Querendo comprovar de uma vez por todas a fé de Abraão, Deus lhe pediu que subisse até uma montanha e ali oferecesse seu filho Isaac em holocausto. Com o coração partido, Abraão tomou Isaac e dirigiu-se à montanha (o monte Sião, em Jerusalém) e preparava-se para sacrificar Isaac. Convencido da fé de Abraão, Deus enviou um anjo, que impediu Abraão de imolar Isaac. Encontrando um cordeiro preso nos galhos de um arbusto, Abraão o ofereceu em sacrifício a Deus. 

 

 

Morte de Sara e de Abraão -: Sara morreu em Cariat Arbe, no Hebrom, aos 127 anos de idade. Após a morte de Sara, Abraão se juntou com outra mulher, chamada Quetura. Os estudiosos discutem se essa mulher foi esposa ou apenas uma concubina. Com Quetura, Abraão teve mais seis filhos: Zinrã, Jocsã, Medã, Midiã, Jisbac e Suá. Através dos filhos que teve com Quetura, Abraão se tornou pai de outros povos, como os midianitas, por exemplo. Abraão viveu 175 anos, e foi sepultado por Isaac e Ismael no campo de Efrom. Abraão deu a Isaac tudo o que possuía. Para os demais filhos, a Bíblia diz que ele deu muitos presentes.

 

Site criado com o sistema Easysite Empresarial da eCliente.
ECLIENTE INFORMÁTICA