Quero fazer Cursilho
Escola Vivencial
Deixe seu recado
Aumentar fonte  Diminuir fonte  Indicar esta página  Imprimir esta página
Aula 02/2012
ESCOLA VIVENCIAL DO GED DE PIRACICABA – 2012
02 - OS FUNDAMENTOS DO CURSILHO – PARTE II
(05/Março/2012)
 
A “estratégia” do Cursilho –: no “Manual dos Cursilhos de Cristandade” de D. Juan Hervás, define-se a estratégia espiritual do Cursilho como sendo a sua disciplina característica e a ordem imutável na exposição das palestras. Fazem parte ainda desta estratégia a didática natural em ensinar as verdades do cristianismo e o conhecimento pessoal de cada um dos componentes do Cursilho, sejam eles mensageiros ou não.
            No que tange à disciplina, basta acentuar que o responsável máximo de cada cursilho é o Coordenador, que deve ser obedecido em qualquer circunstância, sem discussão. Lembrar ainda que cada dirigente responsável tem as suas tarefas próprias, evitando-se então realizar tarefas de outros.
            A ordem na exposição das mensagens é essencial para a evolução do esquema do cursilho. Não se deve (e não se pode) mudar a ordem das palestras, sob pena de se confundir a compreensão dos fundamentos da doutrina cristã na cabeça do neo-cursilhista. Apenas um exemplo: como se pode colocar a mensagem de Sacramentos antes das palestras de Jesus Cristo e de Comunidade do Povo de Deus (Igreja)? Os Sacramentos foram instituídos por Jesus e são ministrados pela Igreja; logo, colocá-los antes dessas mensagens não tem sentido. No entanto, por conveniência do palestrante ou por dificuldade de horário, muitas vezes isso é feito, ferindo-se o método. Há outros exemplos de mudança da ordem das mensagens, que deve ser evitada.
            A didática natural diz respeito à forma de se transmitir cada palestra. Em primeiro lugar, o palestrante não deve tentar mudar o seu jeito natural de ser e de agir. Se o palestrante é humilde e pouco letrado, lembrar que isso não é defeito (não se deve pensar em como se fala e sim em que se fala). Em segundo lugar, não assumir um ar professoral, dando a impressão que os neos-cursilhistas não sabem absolutamente nada. Isso provoca rejeição. Em resumo, deve-se expor a mensagem como se fosse uma conversa séria, é verdade, mas entre amigos.
            Finalmente, o conhecimento pessoal de cada palestrante deve ser bastante profundo, não só sobre o conteúdo de sua mensagem, mas também sobre o método do cursilho. Eventuais dúvidas sobre um determinado problema devem ser encaminhadas aos sacerdotes. Isso abrange também os dirigentes responsáveis não palestrantes, já que a maioria das dúvidas surge nas reuniões de grupos.
 
As fases do Cursilho -: o método do Cursilho baseia-se fundamentalmente em quatro fases: o retiro, a proclamação da mensagem, a conversão pessoal e a reinserção nos ambientes. Cada fase tem as suas mensagens próprias e a sua evolução natural. Após cada fase, é possível fazer-se uma estimativa do andamento do cursilho, baseado na reação dos neos-cursilhistas. Porém, uma estimativa não é uma certeza, e deve-se evitar um entusiasmo precipitado. Seguem-se as fases do Cursilho e suas mensagens:
            A fase do retiro: um retiro é, como seu nome diz, uma introspecção pessoal, onde o neo-cursilhista deve ser levado a retirar-se para dentro de si mesmo e fazer uma avaliação de sua pessoa. Isso é muito sério. Por esse motivo, o método pede que seja evitado, durante esta fase, um ambiente demasiado informal e descompromissado. A recepção e o contacto com os neos-cursilhistas deve ser amigável, acolhedor e educado, mas sem excessos de qualquer natureza. Também por isso, solicita-se o silêncio, que é indispensável para uma boa reflexão interior.
            O método recomenda, para orientação do neo-cursilhista ao conhecimento de si mesmo, as seguintes mensagens, além da mensagem inicial: a mensagem do Sentido da vida, a meditação Os três olhares de Cristo e a meditação Conhece-te a ti mesmo. Estes textos levarão o neo-cursilhista a meditar, durante a noite, sobre a vida de uma forma geral, sobre como Jesus Cristo olha para ele e sobre sua vida até aquela hora. A fase do retiro encerra-se na manhã seguinte com a meditação do Pai rico em misericórdia.
            A fase da Proclamação da mensagem: nesta fase, o método preconiza as diversas palestras sobre os fundamentos de nossa fé contidas nos Evangelhos. Esta fase introduz o neo-cursilhista ao conhecimento de Deus, do seu Plano, e da pessoa e dos ensinamentos de Jesus Cristo. As quatro mensagens desta fase são: A Graça - a vida na vida, Jesus Cristo – Deus e homem libertador, Comunidade do Povo de Deus – Igreja e Sacramentos – sinais de uma presença viva.
            A fase da Conversão pessoal: nesta fase, o neo-cursilhista é levado, pelo conteúdo das mensagens a ele apresentadas, a fazer a sua opção pessoal pela conversão a Jesus Cristo e à sua doutrina. É uma fase bastante delicada, pois exige do neo-cursilhista um grande esforço no sentido de uma mudança de vida e de idéias e também da renúncia a uma série de atitudes, muitas vezes presentes durante quase toda sua vida. Exige também uma boa dose de perdão ao próximo, às vezes bem próximo. Por isso, esta fase necessita de dirigentes muito experimentados para orientar os neos-cursilhistas a fazer a melhor opção, sem forçar nada. As palestras (e atos) desta fase são A Fé e sua vivência – Espiritualidade, a exposição das Alavancas, a visita ao Sacrário, a homenagem a Maria, as Confissões, a meditação da Semeadura e a vinha do Senhor e a palestra de Formação – educação permanente na Fé.
            A fase da Reinserção nos ambientes: nesta altura do Cursilho, o neo-cursilhista já refletiu sobre sua vida, aprendeu alguma coisa sobre os fundamentos da fé e, se tudo correu bem para ele, fez sua opção pela conversão a Cristo. É natural, pois, que ele esteja num estado de euforia que, embora compreensível, deve ser controlado. A fase de reinserção mostrará ao neo-cursilhista como ele deve se conduzir, de agora em diante, para agir como cristão autêntico nos ambientes por ele freqüentados e ajudar na sua evangelização, além de encorajá-lo a perseverar no quarto dia, o resto de sua vida. As mensagens desta fase são A Evangelização dos Ambientes, o Cristão Comprometido, o Pós Cursilho e a Fidelidade e Esperança. Os objetivos e o conteúdo das mensagens serão debatidos na próxima palestra.
 

Site criado com o sistema Easysite Empresarial da eCliente.
ECLIENTE INFORMÁTICA